Arquivo da categoria: New Zealand

Study and work!

Essa modalidade de programa sempre foi e continua sendo muito procurado por jovens brasileiros, de estudar no exterior e poder trabalhar legalmente!

Antes de mais nada, é importante dizer que não são todos os países que tem esse tipo de abertura para os intercambistas brasileiros, portanto é essencial saber certinho em que terreno está pisando para evitar qualquer tipo de problema.

Hoje em dia Austrália, Irlanda, Canadá e Nova Zelândia são basicamente os únicos países que permitem que o estudante brasileiro consiga trabalhar para poder se manter no país. Isso é muito legal não somente pela questão financeira mas também pela questão do aprendizado do idioma. Você usará palavras e expressões diferentes do que usa no dia-a-dia e também irá praticar o que acabou de aprender na escola.

*O programa é oferecido em parceria com a Just Intercâmbio.

O perfil do intercambista que participa deste programa varia bastante. Talvez você tenha terminado o ensino médio, prestou o vestibular mas não passou e decidiu encarar o “bicho de sete cabeças” que é aprender um idioma estrangeiro. Talvez você já esteja na faculdade e percebeu que as oportunidades que se apresentam no futuro próximo (sejam de estágio ou mesmo vaga efetiva) esperam que você tenha – além do domínio em pelo menos uma língua estrangeira – que tenha também a experiência internacional. Ou então você é um profissional já colocado no mercado de trabalho mas também percebeu que se quiser sonhar com avanço na carreira precisa urgentemente dessa experiência internacional. Qualquer que seja o seu caso, a necessidade de trabalhar e ter a possibilidade de se sustentar enquanto estiver no exterior é exatamente o objetivo do programa de estudo + trabalho.

Vale lembrar que geralmente o intercambista não sairá do Brasil com vaga de trabalho definido ou mesmo que a escola fará a sua colocação de trabalho assim que chegar lá. O que ocorre é que você terá em seu visto a permissão para trabalhar legalmente. Em outras palavras, a colocação dependerá de seu esforço. As escolas ajudam, orientam, aconselham e dão todo o suporte mas não garantem ou se responsabilizam.

Dos países citados acima, em todos você poderá estudar e trabalhar ao mesmo tempo. O único que tem regra diferente é o Canadá. Lá você poderá fazer 50% de cada, ou seja, se programar para 6 meses, poderá inicialmente estudar 3 meses e após esse período poderá trabalhar no máximo por mais 3 meses (com algumas exceções que não necessariamente dividem o programa em 50% estudo e 50% trabalho).

Para esse tipo de programa, o intercambista deve se planejar para ficar um tempo um pouco maior, pois tirando a Austrália, que já permite que o brasileiro trabalhe com matriculas a partir de 14 semanas, os outros países exigem permanência mínima de aproximadamente 6 meses. Vale como dica que geralmente esses trabalhos acontecem em restaurantes, cafés, lojas de departamento, hotéis, estádios de esportes etc. Portanto não é comum você trabalhar em sua área de atuação aqui do Brasil. A experiência no exterior e o aprendizado da língua, no entanto, compensam demais.

australia-2yvlsb03l0xd5b3tlncuf4Austrália: Basta matricular-se em um curso com duração mínima de 14 semanas e você receberá a permissão para trabalhar 20 horas semanais durante a validade do seu visto de estudante. O curso tem que ter no mínimo 20 horas semanais de aulas.

canada-2yvlsar1wfuzl7m2twzj7kCanadá: Para ter a permissão de trabalho é necessário matricular-se em um curso específico, onde o trabalho faça parte do seu programa de estudos. Você precisa ter conhecimento intermediário do inglês no ato da matricula.

irlanda_-2yvlsb03l0xd5b3tlncuf4Irlanda: Você pode matricular-se para o programa de ano acadêmico que consiste em 25 semanas de aula e 25 semanas de férias podendo trabalhar 20 horas semanais durante seus estudos e até 40 horas semanais durante suas férias, que são opcionais. Ou seja, você escolhe: 06 meses ou 1 ano na Irlanda!
Não é necessário tirar nenhum visto antes da viagem. Chegando à Irlanda você receberá um carimbo (visto) válido por um mês, que é o tempo que você terá para tirar o seu visto GNIB (visto definitivo com duração total do seu curso). Fique ligado, pois o país faz algumas exigências em relação a seguro saúde e comprovação finaceira para obter o visto. Fale com a Student-Network e saiba mais.
Geralmente a duração mínima desse programa é de 24 semanas e algumas escolas ainda garantem as entrevistas de emprego! Consulte as modalidades e condições das opções disponíveis.

novazelandia-2yvlsar1wfuzl7m2twzj7kNova Zelândia: É possível solicitar sua permissão de trabalho junto com o seu visto de estudante, porém é preciso estar matriculado em um curso de inglês de período integral (20 horas semanais) com duração mínima de 06 meses e apresentar o teste de proficiência IELTS com resultado de no mínimo 5.0. Dessa maneira, o estudante poderá trabalhar 20 horas semanais durante sua estadia.

https://www.facebook.com/Student.brasil?fref=ts

https://www.facebook.com/JustIntercambios?fref=ts

Anúncios

Wellington

Wellington is the capital of New Zealand and the Wellington region, located south of the North Island, which is the main city of Wellington. It was about 340 000 inhabitants in 2000.
The city is situated next to a natural harbor in pendulentes and green hills. The region is subject to earthquakes, quite frequently, and that almost caused the destruction of the city in the years 1848 and 1855. There are few flat areas, so most of the population of the city in the hills around the city, are in areas of risk due to seismic activity. Due to strong winds blowing in the city from the Cook Strait, the city is known as Windy Wellington by New Zealand (Wellington winds). The city is an important commercial and financial center in New Zealand and also an important cultural center of the country, housing the museum Te Papa (“Our Land” in Maori), the ballet, the symphony orchestra, and film production.

Wellington was founded in the late 1830s. The commercial district was formed initially along the coast, but is now away from 100 to 200 meters from the port due to the elevation of the ground caused by earthquakes. The city has also spread due to landfill in the coastal strip. Wellington became the capital of New Zealand in 1865, replacing Auckland. The name Wellington is named after one of the first inhabitants of the city, Sir Thomas Wellington. Wellington, located 41 degrees south latitude, is the southern most national capital in the world.

Some tips: http://kiwikaner.webs.com/bestcitiestolivein.htm

Things to do: http://www.tripadvisor.com/Attractions-g255115-Activities-Wellington_North_Island.html

http://www.aatravel.co.nz/new-zealand/Wellington_What-to-See-Do.html

http://www.wellingtonnz.com/know_wellington/know_what_do_city_free

I found this city cause I received an email talking about jobs in New Zealand:

http://www.ci.com.br/fique-ligado.estagio-em-vendas-na-nova-zelandia?utm_source=ci&utm_medium=email&utm_campaign=estagios&utm_content=matriz_divulgacaovagas_110728

Auckland

The Auckland metropolitan area, in the North Island of  New Zealand, is the largest and most populous urban area in the country with 1,354,900 residents, 31 percent of the country’s population. Auckland also has the largest  Polynesian population of any city in the world. In Mäori Auckland’s name is Tāmaki Makaurau, or the transliterated version of Auckland, Ākarana.

The 2010 Mercer Quality of Living Survey ranked Auckland 4th equal place in the world on its list, while The Economist’s World’s Most Livable Cities index of 2010 ranked Auckland in 10th place. In 2008, Auckland was classified as an Alpha World City in the World Cities Study Group’s inventory by Loughborough University.

Auckland lies between the Hauraki Gulf of the Pacific Ocean to the east, the low Hunua Ranges to the south-east, the Manukau Harbour to the south-west, and the Waitakere Ranges and smaller ranges to the west and north-west. The central part of the urban area occupies a narrow isthmus between the Manukau Harbour on the Tasman Sea and the Waitemata Harbour on the Pacific Ocean. It is one of the few cities in the world to have harbours on two separate major bodies of water.

Movies:

http://www.youtube.com/watch?v=D38EsaX_QTY The Adventures of Tintin: Secret of the Unicorn

http://www.youtube.com/watch?v=cRdxXPV9GNQ Avatar

http://www.youtube.com/watch?v=apoIn3lbmOM The Chronicles of Narnia: The Lion, the Witch and the Wardrobe Trailer 1

http://www.youtube.com/watch?v=MLpzo_nwZpE The piano

http://www.youtube.com/watch?v=r5BeJ7j1Fj4 The Last Samurai

http://www.youtube.com/watch?v=I7YllAOqpF4 The Lord of the Rings: The Return of the King